Estudio Rain

São Paulo

Tendo como base sua habilidade em lidar com interiores, os móveis de Tomazzi se revelam funcionais, mas, nem por isso, menos poéticos, uma vez que, paralelamente sua permanente pesquisa de materiais e formas, o designer nunca se furta de imprimir às suas criações uma certa densidade afetiva. “Tenho uma particular admiração pelo Modernismo brasileiro, por toda a estética que permeia as décadas de 1950 e 1960. Procurei vincular minha coleção deste ano para a Breton a este período. Seja por meio do purismo geométrico, seja pela leveza das formas. Tenho para mim que as famílias eram mais felizes neste período. Se sentiam estética e fisicamente mais à vontade e por isso fiz desta ideia, minha inspiração”, explica o designer.

Tendo como base sua habilidade em lidar com interiores, os móveis de Tomazzi se revelam funcionais, mas, nem por isso, menos poéticos, uma vez que, paralelamente sua permanente pesquisa de materiais e formas, o designer nunca se furta de imprimir às suas criações uma certa densidade afetiva. “Tenho uma particular admiração pelo Modernismo brasileiro, por toda a estética que permeia as décadas de 1950 e 1960. Procurei vincular minha coleção deste ano para a Breton a este período. Seja por meio do purismo geométrico, seja pela leveza das formas. Tenho para mim que as famílias eram mais felizes neste período. Se sentiam estética e fisicamente mais à vontade e por isso fiz desta ideia, minha inspiração”, explica o designer.

Texto por Marcelo Lima (Jornalista e Crítico de Design).

colecao

Design

Assinado

A Breton não só acredita no design brasileiro, como faz questão de promove-lo. Nossos showrooms estão cheios de peças assinadas pelas mentes mais brilhantes da arquitetura, decoração e design de mobiliário. Conheça as mentes por trás de cada criação.

Ver todos